Marketing Automatizado: 5 regras para ter tempo e resultados.

Aprendizagem de máquina, ou machine learning, é muito mais que reconhecimento de padrões para uma determinada função, hoje em dia e cada vez mais, é uma forma que ajuda a atender às expectativas das pessoas.

Assim nasce o marketing automatizado, com funcionalidades para criar campanhas de marketing em grandes quantidades, que leva a mensagem certa para o consumidor certo. Agradando as pessoas na medida e gerando os resultados esperados pelos anunciantes.

Após longos estudos com marcas que usam essa ferramenta para aprimorar suas estratégias de marketing, foi identificado que os melhores resultados são obtidos por quem segue cinco regras – e que fazem cinco perguntas – para ter sucesso na era do marketing automatizado.

1.Conquiste os melhores clientes.

A regra mais conhecida é a de que 20% dos clientes geram 80% dos lucros. Porém, a maioria dos empreendedores conquistam novos clientes como se todos fossem iguais.

Em vez de investir em pessoas com menor probabilidade de gerar resultados, os opte por, usar o machine learning para focar nos potenciais clientes a longo prazo, assim,  atingindo automaticamente pessoas com maior customer lifetime value (CLV).

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com

 

2. Ganhe mais com os clientes que você já tem.

Os e-commerces de sucesso, focam em aumentar o CLV dos consumidores já fidelizados.

Com o aumento de lucro proporcionado pela base fidelizada ao longo do tempo, é possível investir em potenciais clientes.

Com o aumento do CLV, usar machine learning aprimora as vendas cruzadas e reduz perdas. Para as vendas cruzadas, os e-commerces mapeiam o que o cliente está pensando em comprar e se antecipam ao anunciar exatamente aquele produto para ele.

Já para reduzir as perdas, as marcas identificam clientes com alto risco risco de abandono e fazem ofertas exclusivas para aumentar a retenção.

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com

 

3. Melhore suas peças criativas.

No universo em que o marketing digital é automatizado, o poder do seu e-commerce, a personalização dos seus anúncios e a conexão emocional que você cria com o público fazem toda a diferença.

Em campanhas de search, o machine learning pode criar centenas de anúncios com mensuração para uma única palavra-chave, através de uma ferramenta chamada ‘anúncio de pesquisa responsivo’. Ela desenvolve peças únicas a partir de títulos e descrições, automaticamente atingindo o cliente certo da maneira certa.

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com/

 

4. Invista em experiências mobile.

Independente da beleza visual ou a eficiência do seu anúncio, se a experiência mobile oferecida for ruim, você perderá conversão.

Com o marketing automatizado, os algoritmos de lances com machine learning direcionam os clientes automaticamente para sites com performance de conversão melhor. Desta maneira, os sites que não se saem tão bem no mobile ficam para trás.

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com

 

5. Otimize para ter crescimento.

O machine learning só funciona para aquilo que fazemos ele otimizar. Para o sucesso do seu e-commerce, busque crescimento lucrativo e tenha uma visão holística do marketing.

O Google tem trabalhado com algumas das empresas de serviços financeiros, com alta performance que otimizam compras feitas pela internet, por telefone ou pessoalmente, enquanto outras otimizam apenas os pedidos de informações online. A diferença é que, no primeiro caso, o algoritmo de machine learning vai trazer bem mais vendas e de uma maneira mais eficiente, do que no segundo.

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com

 

Busque otimizar o sucesso do seu e-commerce.

Com o avanço digital, o empreendedor moderno precisa estar sempre inovando e buscando meios de maximizar o potencial do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *