Erros que o e-commerce não pode cometer ao fazer ofertas na Black Friday.

Para os e-commerces, a Black Friday é vista como uma época desafiadora, a competição é acirrada, os indicadores financeiros da empresa podem chegar a triplicar em apenas um dia de venda, volume de pedidos, ticket médio para a felicidade de quem vende e para a tristeza de muitos, o capital de giro. 3 em cada 4 e-commerces correm risco de fechar as portas depois da Black Friday.

Para que o seu e-commerce tenha um bom desempenho na Black Friday e alcance bons números, neste artigo vamos abordar alguns dos principais erros cometidos ao fazer ofertas durante as ações do mês de novembro.

Oferecer descontos sem manter o controle de margem corretamente.

89% dos e-commerces precificam os seus produtos de maneira errada.

Oferecer um desconto agressivo pode levá-lo a pagar pela venda do seu produto, ainda mais se levarmos em consideração as pequenas taxas que entram nas vendas como: cartão de crédito, impostos, taxas de Marketplace e antecipação de recebíveis.

É importante que o e-commerce saiba definir qual a sua margem de contribuição momentos antes de iniciar as vendas na Black Friday e também depois, para não ter surpresas desagradáveis.

Cuidados ao oferecer fretes grátis

Durante a Black Friday, as margens são tradicionalmente menores autorizando assim, que o frete grátis seja disponibilizado aos clientes, entretanto, necessita-se que seja atrelado a um ticket médio mais alto. Faça uma análise baseando-se na margem média de seu ticket para saber como aplicar o frete grátis com a estratégia de conversão, evitando assim, o prejuízo para o seu negócio.

Fidelize o seu cliente

Com boas ofertas, fica fácil conquistar vendas durante as ações de Black Friday. Porém, o intuito não é somente vender, mas sim encantar e fidelizar novos clientes, fazendo com que estes se tornem compradores recorrentes de sua marca.

Seu papel na Black Friday é estudar meios para se destacar de todas as experiências de compra que esse cliente já teve para então, ser lembrado como o melhor e ter conquistado um comprador fiel ao seu negócio.

Não se preocupe somente com a venda, entrega e emissão de nota fiscal, mas sim com sua capacidade de virar único.

Não esqueça o estoque parado

A Black Friday é uma ótima época para utilizar os produtos que não estão saindo mais. Ofereça promoções verdadeiramente atrativas a nível financeiro, kits de produtos e compras de volume para liquidar o estoque que não vende há mais de 3 ou 4 meses é uma ótima estratégia para melhorar o capital de giro e recuperar caixa para o negócio.

Não fique fora da Black Friday!

Apesar de ser uma data com muitos desafios para os e-commerces, é uma grande ação e oportunidade para crescer sua base de clientes. Utilize-a como ferramenta aumentar seu número de vendas e também dar mais visibilidade a sua marca. Conquistando assim, um número de clientes admiradores do seu trabalho.

Boas vendas!

 

Uma resposta para “Erros que o e-commerce não pode cometer ao fazer ofertas na Black Friday.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *